Como Calcular Fuso Horários
Para quem não conhece, este é o Big Ben, o mais conhecido relógio do mundo (Foto: Divulgação).

Vocês sabem realmente como é feito o cálculo do fuso horários? Se ainda não sabem, vamos ajudar, é algo simples, primeiramente, é necessário que você busque realmente as verdadeiras alternativas para encontrar o serviço que precisar, isso mesmo, ainda mais quando o assunto é horário, algo que os brasileiros estão sempre querendo saber a que horas vai ser, quando, como funciona, e em que tempo será.

O Fuso Horários

Para os brasileiros, sem dúvidas, obter informações válidas sem dúvidas são o que todos querem, ou seja, não importa o quanto você tenha que gastar as vezes, o que valerá, sem dúvidas, será a sua capacidade de obter informações sobre qualquer que seja o assunto e por ai vai.

Aos que ainda não sabem, a terra foi dividida em 24 fatias para que possamos determinar a hora legal, ou seja, forma definidas por dois planos que contêm o eixo com um ângulo de 15 graus entre eles.

O nome “fuso” tem origem no formato da seção resultante, algo que tornou-se a referência para a mudança dos relógios na qual seria feita em horas inteiras entre dois fusos.

Se não sabem, na prática das decisões políticas os horários, eles se alteraram completamente ao mapa de fusos, ou seja, como já citamos, a palavra fuso é a que se resume ao controle do tempo determinado de cada fatia da terra.

Nem a regra da passagem meridiana nem o numero inteiro de horas foi obedecido, e ainda inventaram um “horário de verão”, onde desde então, foi-se gerando uma grande confusão quando precisamos se quer descobrir a hora vigente em outro país.

Se não sabem, a única maneira de fazermos este cálculo corretamente é consultando tabelas ou mapas, é claro, fora isso, não é bem se esquecer de verificar se é necessária a correção devida ao horário de verão.

Como Calcular o Fuso Horários

Para fazer o cálculo do fuso horários, muitas coisas foram estudadas, enfim, o nome referência por isso é Greenwich, o nome de uma pequena cidade próxima a Londres, onde ficava o antigo observatório Real, lá foi o local onde se fazia a combinação e a determinação dos horários, isso tudo usando uma luneta meridiana.

Para fazer o cálculo, hoje em dia, é algo não tão simples, mas também não é difícil, basta que a pessoa tenha cabeça e realmente saiba como e o que fazer para calcular o fuso horários, algo que neste meridiano é identificado como o 0 (zero). De 15 em 15 graus a Leste, numeramos os fusos como +1, +2, +3, etc. até 12.

Um cálculo interessante é,  no Brasil, usa o fuso -3, mas a Argentina, cujo território está no fuso -4 (e chega até ao -5) usa o mesmo fuso do Brasil. Isto acontece porque esta é uma decisão política, que melhor convém aquele pais.

Devido aos motivos econômicos, como o horário de funcionamento de estabelecimentos como os bancos bolsas de valores, foi feito algo em que todos os países do leste europeu adotassem o mesmo fuso (+1). Apenas a Grã-Bretanha e Portugal usam o fuso 0 na Europa.

No caso do país da Austrália, o cálculo deste fuso horários foi adotado de uma forma em que o fuso +9:30 fosse para a região central, de modo a reduzir os problemas de horários comerciais. Pelos mesmos motivos a China decidiu usar apenas o fuso +8 para todo seu território, que cobre 4 fusos diferentes. Para saber como calcular o fuso horários clique aqui!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Como Calcular Fuso Horários
publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *