Após a nota que saiu no jornal O Estado de S. Paulo, informações dizem que o goleiro da seleção Brasileira Julio César, está utilizando uma proteção  nas costas que fere o regulamento da Fifa, que proíbe objetos metálicos no corpo dos jogadores.

A existência do “colete lombar” foi revelada pelas câmeras de TV após um choque com Raul Meireles, na sexta-feira (25), no empate por 0 a 0 com Portugal. Júlio César após a partida revelou a um repórter, que “tem um negócio de ferro ali”. O atleta teria pedido em seguida a não divulgação da informação.

Logo após o término do jogo, a imprensa brasileira questionou o goleiro sobre a proteção e sobre o seu estado físico. Ele respondeu que o colete serve apenas para dar segurança e que não sente mais dores, o goleiro começou a sentir a lesão nas costas durante o primeiro tempo do amistoso contra o Zimbábue, no começo de junho, na ocasião o goleiro foi substituído por Gomes, que foi então titular dias depois contra a Tanzânia.

Mesmo sindo os boatos sobre o jogador,  José Luis Runco o médico da seleção, entrou em contradição com Julio César. Em entrevista, ele negou a presença de hastes metálicas no colete.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Júlio Cesar está com proteção irregular nas costas
publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *