Após Goiás ter caido para último lugar no Brasileirão, o técnico do clube Émerson Leão foi demitido, e anunciou na tarde de ontem, sexta-feira (27), que não faz mais parte mesmo do time. Leão fez questão de agradecer os companheiros de trabalho, e aproveitou o embalo para cobrar Syd de Oliveira– presidente do clube do Goiás, em alguns salários que estão atrasados.

Em nota pelo GazetaEsportiva.net, o técnico disse as ssguintes palavras, “faça o cheque e depois eu saio, poque, contrato não é para ser cumprido, e sim para ser respeitado, estou com dois meses de salário em atraso, não só eu como todo o departamento de futebol do clube”. >Leão disse que a multa rescisória do contrato está estipulada em R$ 400 mil<.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Leão reclama de salários atrasados, e exige pagamento para sair do clube
publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *