A Fertilização In Vitro tem causado polêmica e curiosidade desde que veio ao mundo o primeiro bebê nascido através dessa técnica, sendo uma das principais dúvidas de toda mulher que considera a possibilidade de submeter ao tratamento é se ela vai engordar e o quanto.

Como funciona a Fertilização In Vitro?

files_52146_201010091139015cf4A Fertilização In Vitro é, sem dúvidas, a técnica de fertilidade mais eficaz no tratamento de casais que enfrentam problemas para engravidar e atualmente tem alcançado até 60% de sucesso no tratamento de fertilidade em mulheres com menos de 35 anos. Não obstante, após três décadas de prática da Fertilização In Vitro e a grande quantidade de informação disponível sobre o tema, uma das primeiras perguntas em consultas com especialistas em fertilidade é se o tratamento vai provocar muito ganho de peso.

FVI Engorda?

Os depoimentos se dividem entre as que afirmam não ter engordado durante o período em que receberam doses de hormônios para estimular da produção de óvulos e aquelas que dizem ter engordado muito por conta dos mesmos. Mas especialistas em Fecundação In Vitro garantem que diversos fatores, como a ansiedade, por exemplo, têm mais chances de causar ganho de peso do que o tratamento hormonal.

Ansiedade + Hormônios

Além da ansiedade que as pessoas envolvidas em um tratamento de fertilidade, que costuma ser responsável por boa parte do ganho de peso durante o tratamento, há ainda a questão hormonal que por sua vez também contribui bastante. Esses dois fatores combinados costumam ser os vilões do sobrepeso para as mulheres que iniciam o tratamento para de Fertilização In Vitro.

No que diz respeito a ansiedade comum a todas as mulheres que decidem engravidar, especialmente aquelas que encontram dificuldades nesse processo e se vêm obrigadas a se submeterem a tratamentos de fertilidade, recomenda-se a prática de técnica de controle do stress e da ansiedade.

Exercícios leves

Exercícios leves regulares, alimentação a base de produtos frescos e balanceados, prática de esportes como yoga e algumas sessões de massagem ajudam a acalmar a ansiedade e, por consequência, ajudam a manter a formação só durante o tratamento mas também durante o período da gravidez.

Quantos aos hormônios utilizados no tratamento de Fertilização In Vitro, é praticamente inevitável o ganho peso, sendo que as mulheres submetidas ganham em média cerca de 2Kg. No entanto, a maioria das mulheres acaba imaginando que o tratamento hormonal pode arruinar seu corpo de forma irreparável, mas os especialistas garantem que trata-se de um exagero baseado nos mitos oriundos do preconceito que a técnica de Fertilização In Vitro enfrenta desde seu início.

Retenção de Líquido

O ganho de peso como consequência da Fertilização In Vitro (FVI) se deve à retenção de líquido ocasionada pelos hormônios usados na estimulação do ovário no decorrer do processo de tratamento. Conforme explica a Dra. Fernanda Rodrigues, médica do Grupo Huntington, “A paciente poderá ter o peso elevado em, no máximo, 2 kg ao longo de todo o processo. Quando se interrompe o uso desses medicamentos hormonais, os quilos a mais costumam ser eliminados através da urina”.

Além do mais, após sessado o tratamento hormonal para estímulo dos ovários os quilos extras tendem a ser eliminados pela urina. Outros fatores que podem interferir no ganho de peso durante o tratamento hormonal da Fertilização In Vitro para estímulo dos ovários são a idade da mulher, a tendência genética, o nível de ansiedade, os hábitos alimentares etc. No fim das contas é a soma dos fatores que leva ou não ao ganho de peso.

Felizmente existem diversos depoimentos de mulheres que passaram pelo tratamento sem engordar e a maioria das mulheres que ganharam peso durante o processo confessam que a ansiedade combinada ao repouso obrigatório durante o período de tratamento tende a contribuir mais com o excesso de peso do que o próprio estímulo hormonal para a produção de óvulos.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Fertilização In Vitro Engorda?
publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *