herpes-labial-2

Causada pelo enfraquecimento do sistema imune, a herpes labial é uma doença em que feridas, coceiras e dores começam a acontecer na região da boca. A transmissão da doença acontece com o contato da região infectada a copos, toalhas, maquiagem e contato direto, como o beijo. Segundo estudos, 90% da população mundial possui o vírus da herpes, mas somente 10% dele não cria imunidade contra o vírus.

Como Tratar a Herpes Labial

Para não ter herpes labial, o jeito é evitar o contato com lesões, já que a herpes não tem cura. Um dos métodos mais eficazes para evitar a multiplicação do vírus são antivirais orais famciclovir, valaciclovir, penciclovir e aciclovir. Eles irão diminuem consideravelmente o tempo de duração dos malefícios da herpes. Se não houver o tratamento, após o contagio, as feridas começam a aparecer de uma a duas semanas.

Manter as lesões bem limpas e protegidas com vaselina é ideal para elas não voltarem a aparecer. Assim como proteger os lábios com protetor solar, com a exposição ao sol. Lave as feridas com sabão e água e evite que outras áreas do corpo sejam contagiadas. Métodos como a aplicação de gelo e calor na área podem reduzir as dores.

Para evitar que as feridas voltem, faça esses tratamentos com frequência e com auxílio médica. E ainda hidrate o local com um hidratante labial, evitando que a área fique seca e propensa para volta do vírus da herpes.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Herpes Labial: Tratamentos
publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *