O município de Itapevi já contabilizou 40% de prejuízo no faturamento desde que aconteceu o deslizamento de terra, que destruiu a SP-29 e deixou a cidade sem acesso à rodovia Castello Branco.

A Associação Comercial e Industrial de Itapevi foi o órgão que realizou a avaliação sobre o assunto. De acordo com o órgão, a região mais afetada foi a avenida Presidente Vargas, porque ela é o prolongamento da rodovia onde se formou a cratera e é onde se concentra a maioria dos estabelecimentos.

(Reprodução/Rede Bom Dia)

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Prejuízos por conta de deslizamento na SP29 são contabilizados
publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *