Mesmo com a crise, os brasileiros não estão dispostos a abrir mão de viajar nas férias de fim de ano. Afinal, com a boa fase da economia brasileira na última década e o aumento do poder aquisitivo no período, a população se acostumou a conhecer novos lugares. E nas férias de dezembro e janeiro não será diferente. Porém, é preciso controlar os gastos para que a viagem dos sonhos não se transforme em pesadelo.

Como encontrar passagens baratas

O transporte é um dos maiores gastos em viagem. Principalmente quando se viaja na alta temporada ou para destinos internacionais ou muito distantes. Portanto, conseguir economizar nas passagens significa um bom abatimento no valor final da viagem.

como-viajar-mais-e-gastar-menos-x18y012540

Para conseguir um bom preço, existem três dicas fundamentais:

. Fique sabendo primeiro – muitos sites e comunidades avisam, em primeira mão, sobre as promoções. Faça parte desses grupos para conseguir aproveitar as melhores ofertas antes que elas se esgotem;

. Compre na hora certa – contrariando um mito antigo, comprar passagens com muita antecedência nem sempre é o melhor negócio. Os especialistas hoje recomendam uma antecedência de até 90 dias para as passagens nacionais e de até 120 dias para as internacionais;

. Datas flexíveis – o valor das passagens aéreas variam muito de um dia para o outro. Portanto, se você puder adiar ou adiantar em alguns dias sua ida e / volta, as chances de encontrar melhores preços são maiores.

Economizando na hospedagem

Nem sempre é possível se hospedar naquele resort 5 estrelas, principalmente quando se quer economizar. Aluguel de casas ou quartos, pousadas mais simples e hostels são uma ótima opção para quem não quer gastar rios de dinheiro, mas também não abre mão de um certo conforto. Nesses casos, utilize os sites de busca de hotéis e hostels para encontrar o local com melhor custo benefício. Plataformas de aluguel de acomodações, como o Airbnb, também ajudam muito quem quer economizar.

Grana extra para a viagem

O Méliuz, empresa que além de disponibilizar cupons de desconto, devolve gratuitamente ao consumidor parte do valor gasto em compras, direto na conta bancária (cashback), tem ajudado muitas pessoas a viabilizar suas viagens. Parceira de quase todas as companhias aéreas, sites de hotéis e aluguel de carros, o Méliuz já devolveu mais de R$ 20 milhões a seus usuários.

Com clientes fiéis, que sempre compram pelo site, a empresa já realizou os sonhos de muitos viajantes. Um deles, conseguiu levar toda a família para curtir o Rock in Rio com o dinheiro que recebeu de volta por comprar as passagens pela Submarino. Outro, sempre usa o Méliuz na hora de reservar a hospedagem pelo site Hoteis.com. Com o dinheiro que recebe de volta, ele programa a próxima viagem. Assim, ele está sempre viajando.

Para ter o direito aos cupons de desconto e ao cashback, o consumidor precisa se cadastrar (gratuitamente) na plataforma. Depois, é só procurar a loja que deseja e fazer a compra normalmente. Após a conclusão, o estabelecimento avisa o Méliuz sobre os detalhes da transação e o valor a ser recebido pelo cliente aparece em seu extrato como pendente. Quando a startup recebe a comissão, parte deste valor é repassado para o usuário. Para fazer o resgate e receber o dinheiro na conta corrente, é preciso completar R$ 20 na conta do Méliuz. Não é preciso pagar nada pela transação.

Mais do que uma forma de economizar, o Méliuz torna as viagens possíveis.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Como viajar gastando menos
publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *